Escolha sua cadeira gamer

Escolha sua cadeira gamer
10/01/2020
Por Paulo Duarte

O fã de games gasta horas diante do PC e, ao fim de cada jornada, a menos que tenha se prevenido com uma boa cadeira gamer, o resultado pode ser terrível: as costas doem, o pulso formiga e os ombros estão rígidos.

É provável que o item conforto não esteja entre as prioridades do gamer, que, normalmente, prefere aplicar seus recursos (muitas vezes limitados) na montagem de uma boa estação de jogo.

Porém, essa escolha cobra o seu preço: com o tempo, o desconforto causado pela má postura se torna um problema permanente, comprometendo a saúde do jogador. Além disso, o desempenho durante as partidas tende a ser afetado, pois não dá para ficar 100% concentrado no jogo com as costas doendo.

Ergonomia não é luxo, mas, ainda que seja considerada um investimento em saúde, ela pode muito bem combinar com o seu estilo. Assim, preparamos um guia para ajudá-lo a escolher bem a sua cadeira gamer.

Pense no conforto

A primeira coisa a se levar em conta, de fato, é o conforto. É importante que a cadeira gamer ajuste-se perfeitamente ao corpo do usuário, oferecendo apoio para os braços de modo que eles fiquem na altura adequada — isso faz toda diferença para jogos de tiro, por exemplo.

É fundamental também que possua encosto para a cabeça, de maneira que o pescoço possa descansar e não fique o tempo inteiro inclinado. Escolha ainda um modelo que permita um bom ajuste de altura.

Alguns fabricantes, inclusive, oferecem modelos especialmente desenvolvidos para todos os tipos de gamers. É o caso da DXRacer, cujo modelo T, que é extremamente resistente, suporta jogadores com até 160 quilos numa boa.

O estilo

O que, à primeira vista, difere uma cadeira gamer de um modelo executivo é justamente o design. Muitas delas têm um visual que as aproxima de um assento de carro esportivo, e a maioria possui detalhes em cores chamativas, o que ajuda a combinar com qualquer ambiente.

Alguns fabricantes até levam essa questão um pouco adiante, produzindo poltronas que fogem completamente ao feitio de uma cadeira tradicional. Exemplos disso são os modelos que mais parecem divãs, como os Rocket Adjustable Gaming Chair da Serta.

Há também os chamados racing seats, que simulam cockpits e são feitos sob medida para os amantes de jogos de corrida. Um bom representante dessa safra é o Winseats Cockpit WS, projetado especificamente para agradar aos gamers brasileiros.

O preço

Embora muitas dessas cadeiras sejam importadas, o que naturalmente encarece o produto, há algumas marcas sendo distribuídas no Brasil. Assim, é possível encontrar bons modelos por preços consideravelmente acessíveis.

Considerando o custo-benefício, não há razão para não reservar algum dinheiro e dar logo um bico naquela sua dura cadeira velha.